«

»

out 08

Banhados, folheados ou chapeados? Vamos conhecer mais sobre quais as diferenças! Banhado pode ser feito em vários metais não apenas ouro e prata, esse processo chama-se galvanoplastia. Folheados ou chapeados são a mesma coisa, pode chamar como preferir.

Banhados, folheados ou chapeados?

Quando procuramos uma joia para aquela ocasião especial, como sabermos o que escolher?!

São tantos termos que chegam a confundir a gente!!!

Mas vamos desvendar os mistérios dessas escolhas!

 

Folheados ou chapeados?

Banhados, folheados ou chapeados

Banho de prata em peça de decoração

São a mesma coisa, pode chamar como preferir!

É a aplicação de uma fina camada de ouro ou prata sobre o objeto. 

Pode ser um relógio, uma joia, e até mesmo um objeto de decoração.

Após a aplicação, é feita uma forte compressão, para essa folha aderir ao objeto.

A folheação foi muita utilizada no período Barroco.

 

As igrejas católicas tradicionalmente aplicavam folhas de ouro em imagens.

Banhados, folheados ou chapeados

Imagens santas folheadas a ouro

Mas como é um processo muito restrito porque exige uma chapa plana para aplicação, atualmente não é tão utilizada.

Como esse processo não possuí níquel, os produtos tornam-se totalmente antialérgicos, já que o material é um dos maiores alérgenos.

Sabe aquela cor prata acinzentada que às vezes encontramos em algumas peças?

Acreditem, na maioria das vezes é porque foi feito um banho de níquel e pode causar um desconforto ou alergia na pele.

E fiquem atentas, não existe banho de prata em bijuterias, somente nas semijoias que são efetuados de 10 em 10 camadas.

E o que são banhados?

Banhado pode ser em vários metais, não apenas ouro e prata, podemos banhá-los também em níquel, cobre e ródio.

As peças recebem uma camada de uma forma diferente, um processo chamado galvanoplastia.

Essa técnica de tratamento de superfícies consiste, literalmente, em banhar os produtos.

Banhados, folheados ou chapeados

Processo banho químico

As peças são mergulhadas em uma solução que contém o metal, já dissolvido, que vai dar o acabamento final.

As camadas são depositadas eletroquimicamente, ou seja, com a aplicação de uma corrente elétrica, o metal é transportado e depositado na superfície das peças brutas que estão serão tratadas.

O cobre, o níquel, a prata, o ródio e o ouro são alguns exemplos de metais amplamente utilizados no banho de joias, cada uma dessas camadas de metal servirá como o nivelamento de imperfeições, o que faz que aumente a resistência e a certeza de uma aparência mais brilhante à peça.

Devido ao processo eletroquímico, as peças banhadas, tornam-se mais frágeis que a semijoia folheadas.

E como sabemos se a qualidade é boa?

 

Banhados, folheados ou chapeados

Anéis banhados a ouro e prata

Uma boa peça tem um bom banho e tem uma espessura mínima de 0,02 mm ou 20 mícrons.

Qualquer peça com menos de 5 mícrons pode ser considerada bijuteria, já que esse tipo de banho tem baixa durabilidade.

O tempo de imersão é importantíssimo para qualidade da peça.

A camada ideal que se formará dependerá de cada metal e será mais ou menos espessa de acordo com o tempo de imersão a que o objeto ficará imerso.

A espessura de ouro que é aplicado também é importante, tanto para folheado ou banhado.

Qual é a melhor opção?

Banhados, folheados ou chapeados

Ourives fabricação e reparo de joias

Tudo depende da qualidade de cada um!

A maioria das peças encontradas hoje no mercado são banhadas, quem gosta de peças mais artesanais que usam o procedimento de folheado.

Apesar de em muitos lugares as encontrarmos com o nome “folheados”.

As peças banhadas recebem apenas um banho de ouro, enquanto que as folheadas recebem mais e, por isso, costumam ser mais resistentes.

Mas lembrem, nenhum dos dois deverão ser expostos à água.

Apesar de possuírem essas camadas de folha ou banho, não são recomendados serem expostos a líquidos em geral.

Vocês sabiam que biojoias também podem ser feitas com metais folheados ou banhados?

Vejam nosso maravilhoso post sobre biojoias e apaixonem-se! 

Bellas, perguntem mesmo antes de comprar, não devem se acanhar.

Vejam os detalhes, vejam se a peça está bem banhada, comparem brilho, a cor!

Nos contem um pouquinho da experiência de vocês com essas maravilhas e qual a preferência entre elas…

Aguardo vocês.

Beijos, Bella.

CompartilheShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPrint this page

4 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Vanessa Lopes

    Matéria bem interessante, muito bom saber todas essas dicas!
    Vou começar mesmo a perguntar antes de comprar, coisa que nunca me preocupei em fazer!
    Obrigada Bella pelas dicas sempre maravilhosas!

    1. Bella

      Fico feliz em compartilhar com vocês! Sempre que tiver novidades postarei aqui no blog, beijos!

  2. renato

    oi gente
    gostei muito desse site, parabéns pelo trabalho. 😉

    1. Bella

      Muito obrigada!
      Beijos,
      Bella Caiçara

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *